Três bebês na China podem ter contraído o novo coronavírus no útero, sugerem dois novos estudos publicados pelo JAMA (Journal of the American Medical Association). No entanto, especialistas dizem que as evidências ainda são inconclusivas.

Os estudos identificaram que os recém-nascidos, nascidos de mães com Covid-19, apresentavam níveis elevados do anticorpo imunoglobulina M (IgM), que age contra o coronavírus e que geralmente não é transmitido pela placenta da mãe para o filho. Isso indica que o novo vírus pode ter rompido a barreira da placenta.

Fonte: New York Times